Atendimento a pacientes e familiares 24h:
0800 400 4550
Redes Sociais

Blog

Artigo

Prevenção de quedas dos idosos

Você sabia que a maior parte das quedas sofridas por idosos ocorre no seu ambiente domiciliar? Essas quedas costumam ter dois tipos de origem, intrínseca (quando está relacionada ao seu organismo e sua saúde) e extrínseca (que está relacionada ao ambiente que o idoso vive). 

Doenças relacionadas ao envelhecimento aumentam o risco de queda. Por exemplo, a sarcopenia, que é a perda de força muscular intensa, artrose, doenças neurológicas como o Parkinson. Por outro lado, a causa mais comum de queda não é intrínseca, são causas extrínsecas. Por isso um ambiente seguro é fundamental para trabalharmos a prevenção de quedas.

Para proporcionar um ambiente mais seguro para o idoso alguns fatores são importantes. 

Ter sempre iluminação adequada, evitar que o idoso se desloque em ambiente de baixa luminosidade.  A pessoa idosa normalmente já tem uma redução da percepção de distâncias e a diminuição da luminosidade piora isso. Dessa maneira ele identifica os obstáculos, mas não consegue calcular corretamente a distância que se encontra deles, causando muitos tropeços. Além disso, em um ambiente seguro não devemos ter fios e tapetes soltos pela casa nem móveis que deslizem ao toque, por exemplo. 

O momento em que acontece uma grande quantidade de quedas está relacionado ao momento em que o idoso acorda e ele tenta se levantar da posição deitado. Porque ao fazer isso uma condição intrínseca muito comum que é a hipotensão postural pode ocorrer. Então ao levantar-se é importante que o idoso se sente à beira da cama, aguarde durante 1 a 2 minutos sentado, comece a levantar o calcanhar do chão para contrair a panturrilha, aguarde a resposta do seu corpo e se levante com calma. 

A pressa, principalmente quando está relacionada por exemplo, à necessidade do uso do toalete, faz com que o idoso muitas vezes levante muito rápido o que pode provocar tontura ainda no seu trajeto, essa tontura pode vir acompanhada de perda da consciência e consequentemente a queda.

Ações simples como estas podem reduzir significativamente o índice de quedas sofridas por idosos. A queda é um dos eventos que mais provoca incapacidade com dependência funcional e pode levar até mesmo ao óbito.

 

Previna a queda.