Atendimento a pacientes e familiares 24h:
0800 400 4550
Redes Sociais

Blog

Notícias

ASSISTE VIDA ADOTA PROGRAMA PARCEIROS POR EXCELÊNCIA (PAEX) DA FUNDAÇÃO DOM CABRAL.

Buscando sempre o desenvolvimento e a adequação às melhores práticas de mercado, inclusive administrativas, a Assiste Vida, empresa premiada na Bahia como referência no segmento de atenção domiciliar nos últimos três anos, adotou recentemente o programa Parceiros para a Excelência (PAEX) da Fundação Dom Cabral. O PAEX é direcionado ao desenvolvimento de empresas através da implantação de ferramentas gerenciais e estratégicas e do intercâmbio de experiências envolvendo empresas nacionais e internacionais.
Uma das primeiras etapas do PAEX aconteceu nos dias 09 e 10 de março, através do Programa de Desenvolvimento de Dirigentes (PDD), composto por seis módulos. O primeiro destes módulos teve como tema “Estratégia- Espinha Dorsal Completa das Metodologias Aplicadas”, que aborda uma nova consciência nas organizações para execução da estratégia de forma transformadora e engajada com os colaboradores. O professor associado Eduardo Frosini, especialista em projetos de gestão estratégica e constelador de sistemas organizacionais e familiares, orienta que o comportamento humano é um dos principais fatores para resultados positivos ou negativos nos negócios. Lideranças com comportamento rígido podem minimizar os resultados, enquanto que lideranças abertas e receptivas promovem a confiança nas relações favorecendo o atingimento de objetivos. Outro ponto relevante é a transparência na comunicação corporativa; quando a empresa adota uma comunicação clara e sistemática evita o burburinho entre a equipe e gera uma relação de confiança entre a empresa os seus colaboradores.
O tema abordado coloca a transformação como necessária, tanto individual como empresarial, pois, a crise sempre começa de uma forma lenta e ao final ela se instala quando as pessoas não se transformam. De acordo com Aylla Domizio diretora de Planejamento e Desenvolvimento da Assiste Vida “Uma empresa perde a inovação quando perde a capacidade de aprender porque acha que já sabe tudo. O aprendizado é eterno.” A diretoria da empresa sente-se engajada e motivada com o conteúdo ministrado, que flui de maneira convergente com os valores da organização.